logo extrafarma

A versão deste navegador nao é compatível com este site.
Por gentileza, atualize seu navegador aqui
Ou baixe uma das opções abaixo:
Google Chrome , Firefox.

Assuntos

limpeza em dia

imagem limpeza em dia

Ter um cabelo limpo vai além da escolha do shampoo e condicionador e deve incluir também pentes e escovas. A limpeza desses acessórios é uma etapa importante e que não deve ser esquecida. Existe uma maneira correta para fazer isso e de acordo com o material do produto. Confira o que ensina Marília Kikuchi, técnica de beleza:

  • Retire os fios presos, após cada escovação.
     
  • Lave com sabão neutro, água corrente e esfregue de maneira delicada com um pincel macio ou escovinha apropriada.
     
  • Escova de madeira pode ser lavada por inteiro, já que a matéria-prima recebe tratamento para suportar a umidade.
     
  • Escova metálica pode ser deixada de molho até 15 minutos e também ser lavada como a de madeira, mas é preciso enxugá-la com pano seco e secá-la para evitar oxidação.
     
  • Escova de cerâmica deve ser higienizada com um pano úmido e sabão neutro para não ocasionar o desgaste da cerâmica e não comprometer o armazenamento de calor que o produto possui no momento da secagem do cabelo.
     
  • Escovas ionizadas e almofadadas não devem ser deixadas de molho, apenas lavadas em água corrente e devem ser completamente secas com pano.
     
  • A limpeza profunda da escova deve ser feita a cada 15 dias.

maquiagem certa

imagem maquiagem certa

Existem várias técnicas e maneiras de produzir uma maquiagem bonita e perfeita. Um dos cuidados na hora da produção deve ser com o tom da pele final, para que não fique  discrepante com o aspecto natural. “Os pontos perfeitos para criar o contorno vão depender do formato de rosto de cada mulher, pois varia a necessidade de profundidade e ampliação”, ensina a maquiadora Renata Almeida. Quem tem rosto arredondado deve contornar as laterais da testa e do maxilar puxando suavemente para o osso zigomático (das maçãs do rosto). Ilumine o centro da testa e a ponta do queixo. Para o formato oval, faça o contorno na região do osso zigomático, somente para criar profundidade e ilumine o centro da testa, queixo e acima das maçãs. O rosto longo necessita de um encurtamento e os pontos principais é o topo da testa (raiz do cabelo central) e a ponta do maxilar e queixo. Ilumine na região abaixo das olheiras para criar um ponto de luz estratégico. Por fim, o contorno ideal para o formato de rosto quadrado é feito escurecendo as laterais da testa até as têmporas e as do maxilar, criando uma sensação mais ovalada. Iluminar o eixo do rosto (centro da testa e a ponta do queixo) é fundamental para essa silhueta.

cuide do seu sorriso

A importância da higiene bucal para a saúde

imagem cuide do seu sorriso

A ordem do dia é a prevenção. Os cuidados com os dentes estão longe de ser apenas uma questão de estética e vaidade. Um sorriso bonito, sem dúvida, melhora a aparência e o convívio social. Mas a manutenção da higiene bucal é essencial para a saúde do organismo como um todo.

A boca necessita de atenção tal como seu corpo. Problemas nas gengivas, por exemplo, podem ser tão ou mais graves do que qualquer outro tipo de infecção. As bactérias da gengiva conseguem “viajar” para outros órgãos podendo causar, desde um abscesso pulmonar, até complicações cardíacas. Sem falar da perda dos dentes! O acúmulo de bactérias dá origem a gengivite, doença que danifica os ligamentos e ossos que seguram os dentes. Eles tornam-se moles e, em estágio avançado (periodontite), você pode inclusive, perder os dentes. 

Pacientes com doenças crônicas, como o diabetes, devem ter atenção redobrada: existe maior chance de desenvolver problemas na gengiva (periodontite), piorando suas condições de saúde. 

DOENÇAS DA BOCA

Gengivite: inflamação na gengiva provocada por placa bacteriana e tártaro. Se sua gengiva está vermelha, sangra após o uso do fio dental ou escovação, não perca tempo. Corra para o dentista!

Placa bacteriana: causa das cáries e doenças na gengiva. Restos alimentares e, principalmente, o açúcar, formam uma colônia de bactérias atacando dentes e gengivas.

Tártaro: endurecimento da placa bacteriana.

Periodontite: estágio mais avançado da gengivite. Os ossos e fibras que sustentam os dentes já estão danificados. Caso não esteja em tratamento ou não siga as orientações de seu dentista, você pode perder os dentes. Evite doces e chicletes.

Cárie: Deterioração do dente por bactérias que destroem a dentina (camada abaixo do esmalte do dente). Se você sente dor ou apresenta sensibilidade nos dentes, pode estar com cárie. Pessoas com pouca produção de saliva estão mais propensas às cáries. Cárie não tratada atinge a raiz do dente, podendo provocar desde um abcesso (formação de pus), até a perda do dente.

Mau hálito: segundo a Associação Brasileira de Pesquisa de Odores Bucais (ABPO), o mau hálito atinge 40% da população brasileira. Dos casos de halitose, 90% são provocados por fatores bucais: maus hábitos de higiene, gengivite, periodontite, língua saburrosa, fumo, consumo de álcool e boca seca.

COMO CUIDAR DA SUA BOCA E SEU SORRISO

O dentista Dr. Sérgio Kignel, especialista em saúde bucal, orienta na prevenção e os cuidados especiais para garantir o hálito puro, dentes bonitos e gengivas saudáveis.

ESCOVA DE DENTE
A boca é colonizada por aproximadamente 50 bilhões de bactérias. Algumas delas são nocivas e necessitam de carboidratos (açúcar e amido) para sobreviverem. Quando você se alimenta, as “bactérias do mal” transformam o açúcar em ácidos, atacando dentes e gengivas. A escova de dente tem a função de remover grande parte da sujeira que fica em sua boca e, caso permaneçam nela, servem de alimento para essas bactérias perigosas se multiplicarem.

É importante também, escolher uma boa escova de dente. A mais bonita nem sempre é a melhor. Dê preferência às macias para não machucar a gengiva nem desgastar os dentes.

Para uma boa escovação, divida sua boca em quatro partes (superior direito e esquerdo, inferior direito e esquerdo) e escove cada uma, por 30 segundos. Faça movimentos delicados e não tenha pressa.

Escovas com cabeça arredondada são melhores para alcançar aqueles cantinhos escondidos, como a parte de trás dos últimos dentes. Pergunte ao seu dentista qual a melhor escova de dente para a sua boca.

Evite guardá-las em lugares abafados ou fechados. O ideal é que sequem de forma ventilada para evitar a proliferação dos germes nas cerdas.

Troque sua escova de dente mensalmente ou de acordo com o estado de conservação. Tal como uma vassoura velha, cerdas desgastadas ou desfiadas não tem capacidade de remover a sujeira. A substituição também deve ser realizada após resfriados, dor de garganta ou infecções na boca. Os germes podem se alojar nas cerdas e provocar a reinfecção.

CREME DENTAL
O creme dental com flúor é um grande aliado para uma boa higienização. Não exagere na quantidade. Mais creme na escova, não significa mais limpeza. Excesso de creme dental pode até provocar manchas brancas nos seus dentes (fluorose dentária). Uma quantidade do tamanho do grão de uma ervilha é suficiente para uma boa escovação.

FIO DENTAL
O uso do fio dental é essencial para remover os resíduos de comida nos cantinhos mais difíceis que a escova não consegue alcançar, como embaixo da gengiva e entre os dentes. É ele também que evita o acúmulo de placa bacteriana.

Modo de usar: corte aproximadamente 40 cm de fio e enrole nos dedos médios. Use o polegar para deslizar o fio suavemente entre os dentes. Cuidado para não pressionar demais e machucar a gengiva.

ESCOVE A LÍNGUA
Não esqueça de escovar a língua. A língua é constituída por pequenas pelezinhas chamadas papilas (visíveis, inclusive, a olho nu). Sua forma rugosa acumula restos alimentares tornando-se um ambiente propício para a proliferação das bactérias. É uma das principais causas do mau hálito. A higienização para eliminar a saburra lingual, pode ser feita com raspadores próprios ou até mesmo com a escova de dente.

ENXAGUATÓRIOS
Atenção a esta informação: o uso de enxaguatórios bucais deve ser indicado pelo dentista, respeitando o tempo e a forma de uso. Por conter substâncias químicas em suas fórmulas, o uso exagerado pode provocar efeitos adversos, tais como: manchas nos dentes, perda temporária do paladar, sensação de queimação na língua e até feridas.

Apesar de atuarem contra as bactérias e no controle da formação de placas, os bochechos não substituem a escovação. Deve ser utilizado apenas em casos de emergência, ou seja, na impossibilidade de escovar os dentes. 

Como você acabou de ler, a higienização completa de sua boca não leva mais do que 2 minutos por escovação e 8 minutos de todo o seu dia. Tempo pequeno para o tamanho do benefício. Você deve escovar os dentes após as refeições e na hora de dormir. Caso coma um alimento doce fora das refeições, o ideal é fazer mais uma escovação. Lembre-se: a prevenção é a maneira mais econômica e menos dolorida para manter a saúde bucal, evitando tratamentos que podem se tornar graves, além de caros. Sem contar o tempo que você vai perder na cadeira do dentista!

a beleza na ponta dos dedos

Seu esmalte, seu estilo

imagem a beleza na ponta dos dedos

Discreta, sensual ou descolada? Suas unhas podem revelar seu estado de espírito e modo de ser. Tal como a roupa, o cabelo e a maquiagem, unhas bem-feitas simbolizam asseio e dizem muito sobre a sua personalidade. As mãos são a expressão das emoções: elas acariciam, confortam, trabalham, cumprimentam e exalam sensualidade. Não duvide jamais do poder delas e, principalmente, do toque de encanto na ponta dos dedos. Curtas ou compridas, não importa. O fundamental é seu estilo pessoal. Confira as cores que vão estar na moda na em 2017 e veja a que mais combina com você.

NUDE
A primeira escolha dos estilistas nas passarelas. Os esmaltes nudes combinam com qualquer roupa e ocasião garantindo sofisticação e leveza. Clássica, esta cor tem várias nuances que vão desde o tom da pele, até o rosado e o marrom bem clarinho. Também tem a vantagem, caso descascar, torna-se quase imperceptível.

METALIZADOS
Este estilo é uma das principais tendências deste ano. Moderno, ideal para as descoladas que gostam sempre de inovar. Os tons de azul e prata estão em alta. 
Chumbo, esverdeado e dourado também chegam para arrasar. Sem esquecer do tradicional branco, que volta com tudo nesta estação.

PRETO
Tal como o modelito “pretinho básico”, o esmalte preto é o coringa que permanece na moda. Apenas substitui-se o fosco, para a cobertura cremosa ou metálica.
Para mulheres com atitude e estilo.

NAIL ART (DECORADAS)
Tem quem ame ou odeie. Moças criativas, segure o ímpeto e não exagere. Este ano vale abusar apenas das formas geométricas, efeitos degradê e a tradicional francesinha.

CORES VARIADAS
Continua valendo. O vermelho e o laranja se destacam. Os tons de vermelho representam a sensualidade e nunca saem de moda. Para mulheres com pele clara, o ideal é optar por nuances mais abertas. Já as com pele mais escura, os tons mais fechados ficam mais elegantes e atraentes.

E se você é do estilo romântico que não abre mão do rosa, prefira o clarinho ou o queimado. Dê um descanso para o pink. Este ano não é a vez dele.

Acessíveis e ecléticos, os esmaltes são o complemento que não pode faltar no seu look. Mas nada de unhas descascadas. Dá impressão de descuido e joga seu charme ladeira abaixo. Aproveite que este ano a tendência são os clarinhos, e aplique você mesma nos casos de emergência. Unhas bem-feitas ajudam a levantar a autoestima e te deixar ainda mais sensual. Tá esperando o quê? Mãos à obra e brilhe com muito charme nesta estação.

CUIDADOS COM OS PÉS

imagem CUIDADOS COM OS PÉS

Para que a pele dos pés permaneça bonita é necessário manter alguns cuidados básicos. Como seu tecido é mais espesso e resistente que outras áreas do corpo, a sola pode apresentar calosidade e células mortas com facilidade. A dica é esfoliar a região e, em seguida, hidratá-la. Para isso, deixe-os de molho em água morna por cerca de dez minutos. Em seguida,aça massagem com óleo de amêndoas ou creme hidratante específico para a área. Na hora do banho, não basta deixar a água escorrer pelos pés, eles precisam ser lavados com esponja. Após terminar o procedimento, o ideal é secá-los bem para evitar que o acúmulo de umidade dê origem a micoses. E não se esqueça de que no momento do protetor solar – em dias de praia e piscina – os pés não devem ser esquecidos. O cuidado ainda evita que a pele fique ressecada no local. 

LÁBIOS HIDRATADOS

imagem LÁBIOS HIDRATADOS

Os dias mais frios trazem um toque extra de sofisticação, mas os lábios ressecados podem dar adeus ao charme das estações de temperaturas mais amenas. Para não correr riscos, especialistas dão algumas recomendações:

  • Usar esfoliantes específicos para os lábios faz com que a pele fique pronta para absorver os hidratantes. É recomendado que o procedimento ocorra uma vez por semana e o produto seja aplicado durante o banho, em movimentos circulares leves.
     
  • Dormir com uma generosa camada de hidratante é uma ótima alternativa para a saúde dos lábios. No mercado, há produtos específicos para a região com ingredientes como vitamina B1 e B3 e alantoína.
     
  • Dar preferência a batons com textura cremosa e ingredientes hidratantes também favorece. Quem não dispensa o efeito matte (aquele sequinho), deve buscar produtos que têm emolientes para manter os lábios hidratados sem por fim ao efeito fosco.

TEXTURA IDEAL

imagem TEXTURA IDEAL

É importante saber que os hidratantes se diferenciam, principalmente, por sua textura. Eles podem se dividir em algumas opções, como: creme, gel, óleo, loção ou gel-creme. Todos hidratam, mas cada textura influencia a pele de uma forma. Confira qual hidratante combina melhor com a sua:

  • Pele oleosa à mista: os cremes devem ter texturas leves, fluidas, livres de óleo (oil free) e com efeito matte, pois controla o excesso de brilho da pele;
     
  • Pele normal: são indicados hidratantes em formas de loções, séruns ou emulsões;
     
  • Pele seca: para combater o ressecamento, os hidratantes em creme ou loção cremosa são os mais indicados.

como deixar seu cabelo mais saudável

imagem como deixar seu cabelo mais saudável

FUJA DO FRIZZ!

Para afastar os fios arrepiados, o cabelo precisa estar hidratado! Isso porque o cabelo age como uma esponja seca, absorvendo toda a água ao redor. Assim, quando ele está seco, absorve toda a umidade externa, ficando poroso e criando o efeito frizz. Confira algumas dicas para dar adeus ao aspecto rebelde:

  • Lavagem: utilize bons produtos destinados exatamente para este problema.
     
  • Recuperação: existem máscaras indicadas para reestruturar os fios arrepiados, muitas delas enriquecidas com manteiga – para dar um upgrade na hidratação.
     
  • Finalização: após o banho, deve ser aplicado um leave-in (hidratante sem enxágue). O produto deve ser utilizado no cabelo ainda úmido, deixando-o secar naturalmente. Outra dica é abusar de ceras, pomadas e sprays indicados para a reparação dos fios.
     
  • Truques: utilize pentes de madeira, pois os fios mais finos são naturalmente mais elétricos e a madeira neutraliza sua estática, controlando o frizz.

 

MAIS BRILHO E MACIEZ

Existe um desejo universal quando o assunto é o cabelo: ganhar mais brilho e maciez. O que poucos sabem é que existem fatores que influenciam este ganho como, por exemplo, a alimentação. Muitos dos problemas nutricionais deixam os cabelos secos, quebradiços e sem vida. Sendo assim, investir em vitaminas pode ser uma estratégia eficaz para a saúde dos fios. Aqui vão algumas dicas:

  • Vitaminas A: fortalecem o cabelo. Elas podem ser suplementadas ou encontradas no fígado, gema de ovo ou cenoura.
     
  • Vitaminas do complexo B: nutrem o couro cabeludo. Além da versão em cápsulas, estão presentes em cereais integrais, carnes e peixes.
     
  • Cálcio: sua deficiência torna os fios finos e quebradiços. É encontrado no leite e derivados, tofu, salmão ou, para quem preferir, existe ainda a possibilidade de suplementar por meio de cápsulas.
     
  • Vale ainda apostar na hidratação: que repõe a água e o óleo, nutrindo os cabelos. As ampolas que trazem vitaminas e substâncias reparadoras também são excelentes para dar uma turbinada nos resultados.

dicas para mudar a cor do cabelo

imagem dicas para mudar a cor do cabelo

Mudar a cor das suas madeixas pode ser a receita para dar uma guinada na sua autoestima ou quem sabe simplesmente ousar e surpreender. O que não vale é se arrepender. Existe uma grande diferença entre as tinturas para cabelos, os tonalizantes e a henna. Tinta não clareia tinta, e o caminho de volta pode danificar toda sua cabeleira. Portanto, antes de tomar qualquer decisão, fique atenta as dicas que selecionamos pra você.

COMECE DEVAGAR

Analisar seu tom de pele, estilo de vida, a existência de alisamento ou qualquer outro procedimento que agrida seus cabelos é imprescindível para alcançar um resultado positivo. Algumas técnicas exigem manutenção regular. Outras são temporárias e mais adequadas para quem não tem tanto tempo para se dedicar aos cuidados que exigem a mudança de cor. Todos esses fatores devem ser levados em consideração.

Tintura

A tintura é uma opção permanente e mais agressiva. Para um resultado bonito, seus cabelos precisam estar fortes e saudáveis, já que mudar a cor existe todo um processo químico que altera a fibra capilar.

A cutícula é a parte externa do fio com várias escamas transparentes que protegem o córtex, considerado o coração do fio. O córtex que é responsável pela força, elasticidade e maleabilidade do fio de cabelo. Na coloração permanente, o pigmento da tinta é depositado no córtex. Porém, para que isto ocorra, substâncias químicas agem para abrir a cutícula do fio, remover a cor natural que está depositada no córtex e, em seguida, depositar a cor da tinta. Por isso, na tintura, é necessário um tempo de ação maior para que este processo ocorra de forma completa.

A amônia tem a função de inchar e amolecer a queratina do cabelo, abrindo as escamas, para ajudar o oxidante (água oxigenada) liberar oxigênio e clarear o fio. Sem a amônia, não existe a reação química necessária para retirar o pigmento natural do cabelo. Ou seja, a tintura afeta toda a estrutura do cabelo. Portanto, caso opte por mudar a cor de suas madeixas é necessário hidratação constante para evitar que seus cabelos se tornem ressecados, quebradiços e porosos.

Também não pense que se você tem cabelos escuros conseguirá ser uma loira platinada. As tintas conseguem alterar, em no máximo, 4 tons da cor natural do seu cabelo (com água oxigenada de 40 volumes). Desejar ser loira, neste caso, corre o risco de ficar com cabelos alaranjados ou amarelos demais, com aparência artificial.

Atenção também a cor escolhida. Se futuramente optar por cabelos mais claros, o resultado surgirá apenas na raiz, que é virgem. Coloração não clareia coloração. Neste caso será necessário procedimentos agressivos para remover o pigmento da tinta do cabelo e depois aplicar a cor mais clara. A descoloração é capaz de eliminar os pigmentos naturais e a decapagem, remover os pigmentos artificiais do cabelo. Ambos danificam o cabelo, provocando um corte químico, com quebra dos fios. A solução para clarear é optar por pequenas mechas ou reflexos, menos danoso para o cabelo.

Henna

A henna é um produto antigo, elaborada a partir de um pó avermelhado extraído das folhas de uma planta. Está indicado apenas para quem tem cabelos escuros. É 100% natural e pode substituir a tintura com a vantagem de não agredir os fios. A ação é superficial já que não tem o poder de abrir a cutícula para depositar o pigmento. Ela literalmente pinta o cabelo. Os resultados, da mesma forma, não são permanentes e a durabilidade é reduzida comparada a tintura.

A vantagem da henna é além de dar mais brilho, fortalece os fios. Tem efeito cumulativo e a cor se acentua a cada aplicação. A desvantagem é uma coloração avermelhada em pessoas com cabelos brancos. Se você quer cobrir os cabelos brancos, terá que optar pela tintura convencional. A henna também não é indicada para quem já tem cabelos tingidos.

Tonalizantes

Tonalizantes tem uma ação superficial. Não é natural como a henna e é menos agressivo que a tintura. Não tem o poder de clarear pois não contêm amônia e, por isso, não atinge o córtex. Altera a cor de maneira temporária por conter oxidante (água oxigenada) na sua composição depositando o pigmento apenas na cutícula do fio. Indicado para quem quer intensificar a cor ou desejar uma pequena alteração no tom do cabelo.

Tonalizantes também podem ajudar a tirar o amarelado de cabelos loiros tintos mas não clareiam os fios. Ideal para cabelos escuros, combater o aspecto desbotado e realçar o brilho.

Se os indesejados cabelos brancos começaram a surgir, é uma boa opção antes de partir para a tintura permanente. Mas caso tenha uma grande quantidade de branco, esqueça o tonalizante. Ele disfarça apenas 50% dos fios brancos.

ENCONTRE SUA COR IDEAL

Pronta para mudar o look? Veja as dicas do cabelereiro Léo Câmara para não errar na escolha do tom.   

Pele branca: combina com todos os tons dos dourados aos vermelhos, só tome cuidado com o preto que pode pesar e ainda envelhecer a pessoa.
 

Pele rosada: tons cobre ou puxando para o dourado deixa a pele mais natural.
 

Pele morena: tons de marrom puxando para o dourado ou mel deixam a pele mais leve e com ar saudável.
 

Pele negra: tons mais escuros sempre, no máximo puxando para o avermelhado ou marrom escuro para não ficar artificial.
 

Pele amarelada: marrom mais escuro, seja puxando para cobre, dourado ou até avermelhado. Fuja dos tons loiros para não deixar o tom de pele apagado.

ADEUS, PELOS ENCRAVADOS!

imagem ADEUS, PELOS ENCRAVADOS!

Pelos encravados são fios que, ao invés de crescerem, curvaram-se e infiltraram novamente na pele, gerando uma inflamação. A esfoliação é uma boa alternativa contra o problema, pois remove as células mortas da pele, além de melhorar a oleosidade e limpar as sujeiras que possam atrapalhar o desenvolvimento do pelo. Com uma bucha vegetal, deve-se esfregar levemente a região com um composto esfoliante. É indicado fazer movimentos circulares nos dois sentidos e, em seguida, enxaguar o local com água morna e secar. O procedimento deve ser repetido duas vezes por semana. Existem inúmeros métodos de depilação, escolha o que se adapta melhor ao seu corpo:

  • Cera quente: dilata os poros, facilitando a retirada do pelo.
     
  • Creme depilatório: os pelos caem em questão de minutos. Deve-se ficar atento às áreas com predisposição a irritações e alergias. Não dói, mas é preciso fazer o teste de sensibilidade em uma pequena área do corpo.
     
  • Depilador elétrico: como o aparelho puxa o fio pela raiz, o resultado da depilação também dura cerca de 20 dias.
     
  • Lâmina: boa opção para casos de emergência. Ela deve deslizar no sentido do crescimento do pelo para evitar que ele encrave.
Assuntos